sábado, 28 de abril de 2012

“Em todo tempo sejam alvos os teus vestidos; e nunca falte o óleo sobre a tua cabeça”. Eclesiastes 9,8.

   Apesar de, o Rei Salomão ter tomado caminho errado, já na sua idade avançada, trocando Deus pelos ídolos pagãos, levando o povo de Israel á desvirtuarem do verdadeiro caminho, partindo para a poliginia desenfreada, com mulheres pagãs e idólatras, exatamente contrário as ordens de Deus, pois, era tudo o que Deus não queria que acontecesse com o seu povo, inclusive o Senhor, fez recomendações para não partirem para esse caminho, conforme I Reis 11.1-11, o seu deslize foi tão grande, que chegou até ao extremo, casando-se com 700 princesas, não achando muito, arrumou mais 300 concubinas (amantes), e essas mulheres lhe perverteram o seu coração. I Reis 11,3. E, Salomão se esqueceu do seu próprio provérbio, “melhor é o fim duma coisa, do que o princípio, Eclesiastes 7,8”, desvirtuou-se já no final de sua vida, deixando para trás, os sábios conselhos de seu pai Davi, porém, chega o momento que ele passa a refletir, e ver que tudo isso foi vaidade, que não trouxe nada de benéfico, nem ao povo, e muito menos à ele, graças a Deus, que ainda em tempo oportuno, começa a mudar o foco, deixando conselhos brilhantes, como por exemplo; vida com mulheres: Goza a vida com a mulher que amas, todos os dias da tua vida vã, os quais Deus te deu debaixo do sol, todos os dias da tua vaidade; porque esta é a tua porção nesta vida, e no teu trabalho, que tu fizeste debaixo do sol. Eclesiastes 9,9. Também aconselha á fazermos reflexão em nossas vidas, e diz: De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem. Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau. Eclesiastes 12.13-14. Continuando com sua mudança de atitude e de vida, brota em seu coração um desejo brilhante, que expressa, o seu sentimento próspero e glorioso, que seja cumprido na vida de todos aqueles que amam a Deus, que é:  "Quanto ao viver na unção com o óleo sobre a cabeça, e as vestes alvas", isso diz respeito da nossa vida espiritual, e, considerando a feliz mudança transmitida pelos seus conselhos e sentimentos, no meu entendimento, depois dos seus deslizes, provavelmente Salomão tenha se reconciliado com Deus, pois sua misericórdia e o seu amor são infinitos. Olhando para o velho testamento, podemos observar o significado dos três símbolos citados por Salomão, vestidos, óleo, e cabeça; as vestes alvas representavam a mais importante parte do vestuário sacerdotal que descia até os pés do sacerdote, cobrindo-os, a túnica era colocada sobre a pele nua do sacerdote, apontando para a justiça de Deus na vida moral e espiritual dos filhos do Eterno. Também falando da pureza e santidade dos servos de Deus. A santidade do espírito, da alma e do corpo físico. O óleo no velho Testamento era um composto de especiarias perfumadas, derramado especificamente na cabeça dos sacerdotes, Levíticos 8,12.

   No novo Testamento, o óleo tipifica o Espírito Santo agindo na vida do crente, e também aponta para uma das grandes manifestações do Espírito do Senhor. Já o termo cabeça, traz um grande significado, pois é na cabeça, que encontra-se o governo do corpo do crente, sendo identificada por Jesus Cristo como a cabeça da Igreja. Colossenses 1,18. Também da cabeça procedem as leis, e as ordens para o corpo físico, é na cabeça que encontram-se os olhos para que o crente veja coisas espirituais de Deus, e enxergue o que não é agradável ao Senhor, e possa desviar-se, ainda os membros da cabeça, como; os ouvidos, para ouvir e atender a voz de Deus, os lábios para orar, louvar, glorificar, a língua para confessar que Jesus Cristo é o Senhor, conforme Filipenses 2,11, as narinas para que o bom cheiro de Cristo seja uma realidade constante. 2 Coríntios 2.14-17. No capítulo 3 do livro de Eclesiastes, o próprio Salomão descreve que há tempo para tudo debaixo do céu, e evidentemente, devemos andar com nossas vestes espirituais alvas, e nunca faltando óleo sobre nossa cabeça, em todo o tempo. Mesmo vivendo num mundo cheio de sujeiras malignas lançadas por satanás, podemos viver com nossas vestes limpas, o sangue de Jesus Cristo, nos limpa de todo pecado. I João 1,7, e o óleo do Espírito nos conserva limpos, assim como o óleo comum, serve de conservante para lubrificar muitas coisas, como peças, aparelhos e muito mais, o óleo do Espírito nos unge, lubrificando-nos das ferrugens do pecado, e conservando nossas vestes, uma vez já purificados pelo sangue do Cordeiro. Na nossa vida cotidiana, temos que evitar duas maneiras de vivermos perante a sociedade, a primeira é andar com a roupa suja, e a segunda, é andar despido sem roupas, espiritualmente também não podemos fugir destas duas regras, para vivermos em comunhão com Deus, é necessário vivermos com as nossas vestes espirituais alvas, sem nenhuma mancha. Como manchamos as vestes espirituais? Existe somente uma coisa que mancha, chama-se pecado, o pecado é a maior sujeira espiritual, além de sujo, cheira mal nas narinas de Deus, Ele não suporta em ver pecados. Por isso então, devemos conservar as vestes limpas, como descreveu Salomão. Certa feita, Jesus conta a Parábola das bodas, dizendo que o reino dos céus, é semelhante ao rei, que celebrou as bodas de seu filho, e quando o rei entra para ver os convidados, viu ali um homem que não trajava veste nupcial, e perguntou-lhe: Amigo, como entraste aqui, sem teres veste nupcial? Ele, porém, emudeceu. Ordenou então o rei aos servos: Amarrai-o, de pés e mãos e lançai-o nas trevas exteriores; ali haverá choro e ranger de dentes. Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos. Mateus 22.1-14. Então vemos a importância das vestes, sem as quais não estiverem limpas, não veremos a Deus, ficaremos fora das Bodas do Cordeiro.

   Às vezes, quando falamos em pecado, como mancha espiritual, logo vem em nossas mentes, adultério, prostituição, roubo, esquecemos que existem muitos outros pecados, que também mancham as vestes, tais como: mentira; Jesus disse a verdade, a um grupo de fariseus, que mentindo diziam serem filhos de Deus, e assim falou; Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira. João 8,44. Se o diabo é pai da mentira, conseqüentemente aquele que mente, estará fazendo a vontade do Diabo, e, deixará de ser filho de Deus, tornando-se filho do próprio diabo, notoriamente, manchando suas vestes espirituais, mágoas; se, porém, não perdoardes aos homens, tampouco vosso Pai perdoará vossas ofensas. Mateus 6,15, murmurações e contendas; Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas. Filipenses 2,14. Ira; Porque a ira do homem não opera a justiça de Deus. Tiago 1,20, desobediência; E a quem jurou que não entrariam no seu descanso, senão aos que foram desobedientes? Hebreus 3,18, idolatria; Portanto, meus amados, fugi da idolatria. I Coríntios 10,14. Enfim, temos uma relação descrita por Paulo, como obras da carne, que mancham nossas vestes espirituais, o Apóstolo assim descreve; ora, as obras da carne são manifestas, as quais são: a prostituição, a impureza, a lascívia, a idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões, os partidos, as invejas, as bebedices, as orgias, e coisas semelhantes a estas, contra as quais vos previno como já antes vos preveni que os que tais coisas praticam, não herdarão o reino de Deus. Gálatas 5.19-21. A bíblia nos ensina o remédio, quando pecamos: Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça,  para que possamos alcançar misericórdia, e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno. Hebreus 4,16. Ainda mais, somos agraciados com um ilustre Advogado para advogar nossas causas junto a Deus, quando erramos, ou nos momentos que precisamos de ajuda para resolver nossos problemas, quando os mesmos estão aquém das nossas possibilidades, este advogado, é jesus Cristo, conforme I João 2,1. Deus quer que permaneçamos com nossa cabeça ungida, e as vestes alvas em todo tempo, como recomendou Salomão, para que a Glória de Deus permaneça em nossas vidas, e sermos possuidores de suas promessas. Lembre-se: Nunca se esqueça de pedir perdão dos seus pecados, por que Deus nunca se cansa em te perdoar. EROTIDES FRANCISCO DE LIMA.
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                        
                                                                                                                                                                                        

4 comentários: